CCJ do Senado destina mesma quantia das eleições gerais para as municipais

Data e Hora:  23/09/2019 10:09:03

A Comissão de Constituição de Justiça do Senado fixou, nesta terça-feira (17/9), o valor do fundo eleitoral em R$ 1,7 bilhão para as eleições municipais do ano que vem, mesmo montante utilizado para o pleito presidencial de 2018. A proposta deve ser votada pelo plenário da Casa ainda hoje. 

A decisão se deu no âmbito do projeto de lei 5.029/2019, que muda as regras do Fundo Eleitoral. O relator da proposta no Senado, Weverton Rocha (PDT-MA), anunciou que todos os demais trechos da proposta serão rejeitados em uma nova versão de seu parecer.

A proposta aprovada na Câmara deixava indefinido o montante das emendas que comporão esse fundo - determinado pela Lei Orçamentária Anual (LOA). Agora, na nova versão do relatório do Senado, as eleições de 2020 ficam com R$ 1,7 bilhão do fundo eleitoral.

Entre outros pontos, o projeto afrouxava regras para sanções a partidos, dificulta a fiscalização - abrindo brecha para o caixa dois - e flexibilizava normas de prestação de contas. A proposta permitia, ainda, que advogados e escritórios de contabilidade fossem pagos com dinheiro dos partidos. O relator retirou esses itens da proposta. 

Inconstitucionalidade

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal e ex-presidente do Tribunal Superior Eleitoral, afirmou, na segunda-feira (16/9), em um evento no Rio de Janeiro, que mudanças no Fundo Eleitoral não podem ir contra a sociedade.

"A era hoje é a era da transparência.Com o dinheiro público, o segredo não pode ser a alma do negócio. Entendo que se essa lei representar um grave retrocesso, ela vai passar por um crivo bem rigoroso de constitucionalidade", disse. 

Fonte: Conjur.


Fale Conosco

Av. Senador Area Leão, 2185 - Torre 1- Sala 314 - Ed. Manhattan River Center - São Cristóvão Teresina - PI, 64049-110

Fone: (86) 3303-2019 - Whatsapp Business - 

Email: carlos@carlosyury.com.br -